festival

Petrópolis destaca-se no país por sua importância histórica e belas paisagens, atraindo turistas durante o ano inteiro. E a gastronomia vem, ao longo de duas décadas, tornando-se cada vez mais um importante fator de atratividade para este destino turístico. Os produtos fresquinhos de sua área rural aliados à competência dos chefs que escolheram a região montanhosa e de clima ameno para estabelecerem seus restaurantes e bistrôs elevaram Petrópolis à categoria de um dos cinco melhores pólos gastronômicos do país.

Criado em 2001 por conhecedores da rica e variada gastronomia petropolitana, o Petrópolis Gourmet chega a sua XV edição homenageando a prata da casa com o tema “Cozinha da Serra”.

Ao longo desses 15 anos não faltaram homenagens a diversos países e regiões, mas em todos esses momentos de sucesso estavam presentes os ingredientes cultivados ou produzidos na serra petropolitana.

A Serra que encantou nossos Pedro I e II é prodiga em legumes, verduras, cogumelos, ervas finas, trutas, escargots, mel, pimenta, chocolate, cerveja, orgânicos, cultivados ou produzidos praticamente no quintal de onde os chefs, grandes alquimistas, transformarão esses insumos em deliciosos pratos, uma inesquecível experiência gastronômica rica em sabores, cores e aromas.

E para tornar ainda mais completa essa experiência, o público terá oportunidade de visitar os circuitos ecorrurais do Brejal, Taquaril, Secretário, Araras-Videiras e Bonfim, verificando in loco a cultura e produção desses alimentos que processados com o toque dos nossos renomados chefs chegam a mesa dos restaurantes participantes transformados no Menu elaborado especialmente para o XV Petrópolis Gourmet.

Um vídeo que consegue resumir bem tudo o que rolou nesse XV Petrópolis Gourmet. Aproveite ainda restam alguns dias deliciosos por aí! :P

Posted by Petrópolis Gourmet on Quarta, 25 de novembro de 2015

Maison Dahoui, Cozinha de Bistrô de Autoria

Restauratrice . Chef . Alquimista

Pernambucana, de origem franco-italiana viveu em vários lugares do Brasil. Cresceu pelo Nordeste, Rio de Janeiro e Petrópolis entre costuras e a cozinha da amada avó italiana.
Aos 16 anos começou a trabalhar com costura. Aos 17 anos, preparava jantares e festas temáticas no Rio, quando descobriu seu dom de cozinhar, servir e decorar.
Aos 21 tinha uma barraca na praia no Sul da Bahia e aos 23 estava na França para aprender tudo sobre a gastronomia, mesmo sem falar francês, sem dinheiro, sem conhecer ninguém e enfrentando muito machismo. Começou lavando louça, nunca fez nenhum curso, aprendeu na prática pelos bistrôs que trabalhou. “Uma super aventura com muitas histórias legais!! “
Voltou para o Brasil em 1995 começou fazendo sobremesas para restaurantes e pequenos eventos. Logo depois arrendou o almoço de um bar no Itaim que virou um sucesso! Mas ela queria criar seu Bistrô, onde os colaboradores fossem o mais importante e o resultado desse amor entre a equipe tivesse clientes e fornecedores felizes!! E se transformou em uma empreendedora de sucesso fazendo na garra 7 Bistrôs de sucesso entre Rio de Janeiro e São Paulo, nos últimos 19 anos.

em 1996 o RUELLA Bistrô da Vila Olímpia, esse bairro nem existia direito. Ninguém falava em gastronomia, chefes... Não tinha glamour. O RUELLA foi o 1º Bistrô de São Paulo comandado por uma Chef mulher, que apresentou uma Cozinha de Bistrô de Autoria farta, barata, saborosa e simples da Provence francesa. Servida por jovens treinados de forma descontraída. Com musicas deliciosas e românticas para embalar momentos de celebração à vida!! Ela fez um local como a extensão da sua casa, para que todos se sentam na casa de amigos. Onde todos os detalhes tem uma história para contar. “O sucesso foi instantâneo!!”
Na época era uma profissão pouco conhecida, e o trabalho que fez no RUELLA era único! Desde então é lotado todos os dias e inspirou vários chefes, além de ter ajudado a formar tantos outros que hoje são profissionais de sucesso em várias áreas. VEJA MAIS