Petrópolis Gourmet 2018

Revista Eletrônica Petrópolis Gourmet

Revista EletrônicaPetrópolis Gourmet

19/10/2018Chef petropolitano Marco Lima vence concurso náutico mundialPor: Ana Paula Tapajóz

voltar


O chef petropolitano Marco Lima foi um dos vencedores da primeira edição da premiação Crew Awards, que elege os melhores do setor marítimo a nível internacional. Ao todo foram 17 categorias e 170 indicados, que trabalham em 80 diferentes iates espalhados pelo mundo. O concurso contou com cerca de 10 mil votos, 50 finalistas, 30 jurados, e claro, 17 vencedores. A premiação aconteceu no dia 13 de outubro, no teatro Le Palace, em Nice, na França, e o tema da festa foi baseado no The Great Gatsby, de 1925.

“Eu sabia que tinha recebido muitos votos e tentei fazer um vídeo bacana, mais descontraído, porém não poderia dizer que seria o grande vencedor, já que tudo dependeria da avaliação dos jurados, dos votos e também do desempenho dos outros dois chefs. A minha equipe e meus amigos acreditavam na vitória mais do que eu, diziam o tempo todo que eu seria o grande vencedor”.

Mas quando os apresentadores anunciaram sua categoria durante a festa ele disse a todos à mesa: “Por favor, todos os celulares preparados para gravar”. Sua reação foi: “yes”. “Todos começaram a aplaudir de pé e gritaram meu nome, foi incrível”.

Em seguida ele subiu ao palco, recebeu o troféu e fez seus agradecimentos.

“Eu pensei numa história de infância. Quando eu era criança, aos 7 ou 8 anos, eu pedi a minha mãe e minha tia-avó várias vezes para me darem um chapéu de chef, mas elas nunca me deram, não sei porque. Agora, depois de 30 anos, eu tenho mais do que um simples chapéu de chef, tenho minha maior paixão, eu tenho a minha história”.

E a ideia, como não poderia ser diferente, é seguir em frente. Marco Lima pretende continuar fazendo o que ama, ou seja, cozinhar.

“Seja para essa família que já estou há dois anos, ou para outra, não importa. Meu objetivo é continuar colocando amor e dedicação nos meus pratos e seguir estudando, porque não podemos parar. Quero descansar um pouco, preciso de férias, e também analisar algumas propostas que já recebi”, comentou o chef que disse estar realizado na profissão.

“Completei em agosto 10 anos de carreira e 2018 foi meu ano, com certeza! Muitas coisas aconteceram, tive muito aprendizado e vem mais coisa boa aí, ainda não posso contar tudo. Mas Petrópolis ainda irá ouvir falar muito de mim. É sempre um prazer representar minha cidade no mar, na terra, onde eu estiver”.

Comentários